quarta-feira, 26 de setembro de 2012

SEMINÁRIO CASAMENTO: A ARTE DO REENCONTRO COM ALBERTO ALMEIDA

No domingo dia 23/09 às 09 h da manha encerramos com Chave de Ouro a 34ª SEMANA ESPÍRITA DE FEIRA DE SANTANA, com o Seminário "Casamento: A Arte do Reencontro" com ALBERTO ALMEIDA.

                                              Shirley de Oliveira como Mestre de Cerimônia

                                                         Apresentação de  Beto - Jesus de Nazaré
Mesa: Christian Assis - Coordenador do Conselho Espírita de Itaberaba, Clécio Caribé
 do Centro Espirita Discípulos de Jesus de Senhor do Bonfim, Marcus Machado - Coordenador de Gestão Federativa e Alberto Almeida, o Palestrante do Seminário. 
   


 Um público recorde compareceu para entender " A Arte do  Reencontro".
                                                                      João Luiz e Carmem
                                                                Luiz Ramalho e amiga
                                                                      Allan e Maria Zélia
                                                          Marcus Machado - agradecimentos e informações
                                                             e Alberto Almeida.

Abrindo espaço para uma necessária discussão sobre “Casamento: A arte do reencontro”, numa atitude de gentil acolhida aos participantes, através de gestos, olhar, uso das palavras, a oração espírita de Alberto Ribeiro de Almeida ancora-se na dimensão de seminário que lhe é dada. Numa linguagem poética, ele prende ao seu discurso um varal de etapas, em que transitam múltiplas facetas das relações conjugais: amor, instinto, imposição, interesse, status, tomada pela força.
Pedagógica e competentemente, ele discorre sobre as formas com que o casamento se introduz socialmente. De um simples olhar, o casal avança nos campos de treinamento, que se aprofundam no autoconhecimento, conquistando confiança, respeito, intimidade e cumplicidade. Namoro, noivado e casamento são compromissos que vêm positivando a trajetória do homem e da mulher, em determinados contextos, embora o namoro deva assumir a transversalidade da existência, retroalimentando uma aliança conjugal estável, amorosa, espiritual.

Nessa balança, a vez da tradição confronta valores: de um lado, a perenidade dos sentimentos nobres; do outro, o amor descartável, no senso comum.  O casal ainda teima em não consolidar a união, na sacralidade dos corações, reafirmando o dizer paulino: “o Cristo é quem vive”. Fervilham, então, desencontros, contratos superficiais, sacrifícios de seres armados (E não amados!...), que atestam distintos patamares evolutivos ricos de carências afetivas, as depressões.
Convivem relacionamentos de urgência ou de necessidade de proteção. Casamentos acontecem, pela identidade com a beleza física; pelo interesse econômico, social ou cultural; pela momentânea atração carnal; pela troca de nacionalidade, ou não acontecem. Qualquer das aproximações vem justificar uma tarefa não concluída, um desencontro de almas, não aceitação de acordos, motivo por que a dor clama no deserto dos corações e das mentes que não se evangelizam.
Pela resistência ao bem, pela quebra de compromisso, pelos corações partidos, os atores retornam à Escola Terra trazendo inadiáveis conteúdos a serem refeitos com bondade, compreensão, responsabilidade. Nesse sentido, além de significar perdão, reconciliação, casamento é saída do preconceito, da negatividade, da submissão, dos condicionamentos patrocinados pela cultura da violência, que são velhas crenças eivadas de superstição e medo.
Como ato de educar, o Espírito, casamento é doação; é serviço ao próximo; é tratamento dialógico; é sabedoria, na trilha intelecto-moral; é vivência divinal com a Natureza e com o outro; é transformação em aprendiz da vida; é equilíbrio das polaridades; é livrar-se de adoecimentos.
                                                                 Em 26/09/2012, Nilma Portugal.

                                                               "Big Boy" da Alvorada Espirita

                                                                    Kátia Leal e Carlito Moreira


Antonio Melo no intervalo com belas melodias.


                                Momentos de perguntas e respostas - Alberto Almeida com Shirley de Oliveira.
                                                              Alberto Almeida, Josival e Suzete
                                                                        João Luiz e Daçonha
                                                   Vanderli Pantolfi com companheiros de Itaberaba, e
                                             aqui com a comitiva de Senhor do Bonfim com Marcus Machado
                              Daçonha Silva, Alberto Almeida, Márcia Menezes, Marcus Machado, Kátia Leal e Vanderli Pantolfi
Josenilda, Olga, Iara e Nilma Portugal.

Aqui nos despedimos da 34ª SEMANA ESPÍRITA DE FEIRA DE SANTANA, agradecendo ao público, a todos os colaboradores, os "Parceiros para um Mundo Melhor" e aos trabalhadores,  que foram fundamentais para que essa Semana se realizasse nos trazendo uma nova oportunidade de equipe, "todos para todos", sem personalismo, assim contribuímos para a divulgação e propagação dessa Doutrina Maravilhosa  O ESPIRITISMO que instrue, liberta. e consola o ser no caminho  da "Construção do "Homem de Bem."
                   
OBS* TODOS OS DVDS ESTÃO A VENDA NA SEEF, INCLUSIVE DO SEMINÁRIO CONTATE KÁTIA LEAL - 9132-7195                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejam bem vindos e façam seus comentários!

PÁGINAS MAIS VISITADAS

Seguidores do google